quarta-feira, 24 de junho de 2009

o prometido é de_vid(r)o

É sim senhor!
Por partes, então. A viagem a Bremen. Depois do dia nacional noruguês (sobre o qual não vou tecer qualquer comentário, porque não acrescento nada ao que podem encontrar noutros sítios. Escuso-me a replicar informação gratuitamente!), e aproveitando viagens lacoste (low-cost, ou que quer que isso seja) demos um saltinho a Bremen, Alemanha. Não havia motivo nehum, necessidade nenhuma de foro nenhum, pressa nenhuma em visitar germânicos nenhuns. Mas fomos. Foi "lacoste", e fomos. Ficámos surpresos por encontrar tão poucos germânicos a falar inglês; ficámos surpresos por quase toda a televisão germânica estar dobrada em germânico (por ouvir o Al Pacino carregar nos r's como se tivesse catarro); ficámos surpresos com o bairrismo local; surpreendidos com os festejos pela vitória do Werder Bremen na final da Taça germânica; e finalmente, surpreendidos com uma chuva "grossa" que acinzentou o final do fim de semana.
Os famosos músicos de Bremen

Os famosos adeptos do Bremen

À entrada de Böttcherstrasse

Algures na Böttcherstrasse

Algures no Universum

À entrada do Universum

E a chuvinha "grossa"


Continuando por partes.
Descubra as diferenças!
Passatempo A

Passatempo B


Outra parte: gå på tur. Que é como quem diz, caminhar nas montanhas. Pelas diferenças que tenho a certeza descobriram (!), esquia-se no Inverno - o Branco - e no Verão - o Inverno Verde - procuram-se bandeiras estrategicamente distribuídas (leia-se escondidas). De mapa numa mão, bússola na outra, sandochas na mochila, mochila nas costas, mosquitos nas pernas e mordidas nos pescoço, aí vamos nós por entre árvores e serpentes à cata de mais uma bandeira. Linha! Linha completa. Siga para bingo.
Floresta miniatura

Mais um esforço até ao topo

Até à primeira "bandeirada"

Serpentes escondidas

Serpentes venenosas

Outras "serpentes"

Hva?!


Parte última:
última! Depois dos poucos dias de tempo instável da semana passada, da visita do Nakata e da Bel (ah, saudades!), dos arco-íris, e das noites que são só lusco-fusco (nada que se assemelhe com sol à meia-noite. Nem de perto, nem de longe!), vem aí uma onde de calor. Coisa para empurrar o mercúrio, com muitíssimo esforço, até aos 30º Celsius, dizem.

15-06-2009, 23:00 CET

A "coroa" da minha rainha!

Por via das dúvidas o melhor mesmo é não arriscar e rumar até à terra natal para sebastianar. É garantia de que o mercúrio vai rebentar! Até já.

7 comentários:

ZeTo aka Xor Ferreira disse...

Bom Dia Mano!
Bremen é na minha opinião (que a conheço) uma cidade fantástica. Não sei se tiveste oportunidade de fazer a visita à casa da Cidade e de ouvir as explicações da Guia com cerca de 80anos de idade mas cheia de juventude na voz. Depois de umas breves explicações dela ficas logo a perceber que Bremem é uma cidade com "Alma". Não me vou alongar na opinião ... mas as caves de Bremen...upa upa eram já três...venham mais cinco! Abraço para Tu e Bjz para a tua Cachopa! e vice versa :D

Viagens Lacoste disse...

Mais uma cidade para a extensa lista, gostei das fotos, parabéns!

portugalilainen disse...

Xôr Ferreira!

Gostei muito. De te ler por aqui e de Bremen (muito mais de te ler por aqui). Não fui às caves, mas posso sempre lá voltar ;)

Forte Abraço e até logo!

Sim 'lacoste', Bremen vale uma visita. Sem visitar museus e igrejas, 2 ou 3 dias são suficientes para "apreciar" os locais. E há voos 'low-cost' para lá (porto-londres-bremen).

Abraço!

Vagamundos disse...

Bremen é de facto uma cidade que merece visita. Tem vários pontos de interesse e um centro medieval, muito germanico. Excelentes fotos!
Abraço

Tia Maria disse...

A Bremen, ainda nao fomos, mas fomos a Monschau, http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/9/99/Monschau_06_ies.jpg e adorámos.
Fomos a Frankfurt e adorámos a cerveja, e tambem estivemos por Colónia e achámos piada.
Mas Monschau, valeu bem a pena os Kms de carro, um martirio para quem habitualmente anda de mota.
Agora andamos á procura de outra para irmos ao Cabo Norte.
Há que aproveitar enquanto ainda nos sentimos 50% turistas.
Cumprimentos.
Rui e Susana, dois tugas de Almada e Cascais a viver em Wageningen, Holanda.

Anabela Magalhães disse...

E afinal, o menino sebastianou ou não? E a menina do forcado?
De quando em vez entro por aqui adentro e nada de novidades! :(
Bjs

portugalilainen disse...

Tia Maria, bem-vinda.

O cabo Norte foi uma desilusão para mim... muito por culpa da quantidade de coroas que tivemos que pagar para ver... nevoeiro!
Bremen valeu muito mais a pena. Havemos de lá voltar :)


Anabela!
Sou um preguiçoso. Sebastianei. Mas cada vez menos...
A menina está linda! Se continuares a entrar por aqui adentro terás novidades logo, logo. E das boas ;)